Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária

Livro do Compromisso da Irmandade.,
1756-1757

Acredita-se que, com a criação da paróquia, os fiéis reuniram-se, constituindo a devoção e o culto ao Santíssimo Sacramento. Após alguns anos, organizaram o seu compromisso e a Irmandade passou a ter existência legal. A data de instituição da Irmandade é desconhecida em razão da falta de documentos que comprovem o período de sua fundação. Para alguns historiadores a data de criação é de 1699, conforme registros do Primeiro Compromisso.

A Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária tem a missão de promover,  juntamente com o seu Vigário, as cerimônias religiosas, a manutenção e a conservação da Igreja, preservando e divulgando o conjunto artístico-religioso. Além disso, há séculos a Irmandade é mantenedora de Obras Sociais, em prol da educação, cultura e da caridade religiosa.

Obras Sociais

A Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária é mantenedora de obras sociais, dentre elas:

Educandário Gonçalves de Araújo — EGA

Inaugurado em 30 de dezembro de 1900, o Educandário Gonçalves de Araújo (EGA) recebeu esse nome em homenagem ao comerciante português Antônio Gonçalves de Araújo, membro da Irmandade, que deixou seus bens para a construção do prédio e a manutenção da obra. Atualmente, sob o regime de escola integral, o Educandário oferece ensino gratuito, além de atividades extracurriculares e religiosas para crianças da 1ª a 9ª série do Ensino Fundamental. Localizados no bairro de São Cristóvão, está dividido em duas unidades, o EGA I e o EGA II. A direção da Unidade I está a cargo da Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora do Bom Conselho.

Hospital Frei Antonio

Foi criado pelo Bispo Dom Frei Antonio do Desterro, amigo e protetor dos hansenianos, que solicitou ao Vice-Rei, Conde da Cunha, para que o Rei de Portugal, Dom José I, concedesse à Irmandade a casa de retiro dos Jesuítas, confiscada pela Coroa, em 1759. Em 1940, passou a ser denominado de Hospital Frei Antonio, em homenagem ao seu benfeitor. O antigo Hospital dos Lázaros foi referência na assistência aos hansenianos por mais de dois séculos. Em razão do avanço da medicina, a hanseníase passou a ser tratada em ambulatório. Atualmente, o prédio mais antigo do bairro de São Cristóvão, está com suas atividades encerradas.

logo-irmandade-01

Administração

Provedor

Luiz Alberto Queiroz Conceição

Vice-Provedor

Rodrigo Gastalho Moreira

Secretário

Antonio Soares da Silva

Procurador

Antonio da Silva Correia

Tesoureiro

José Maria Calo Silvariño

CAPELÃO DA IRMANDADE

Monsenhor Helio Pacheco Filho

Endereço

Av. Rio Branco, 57 – 5º andar – Centro – Rio de Janeiro, RJ – CEP: 20090-004
Telefone: 21 3211-7000